Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Mercenários

Soldados americanos abusaram de meninas colombianas e venderam vídeos pornográficos

Agressão ocorreu entre 2003 e 2007, segundo relatório de comissão sobre o conflito armado

por
05/05/2015 14:30 / Atualizado 05/05/2015 14:39


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/soldados-americanos-abusaram-de-meninas-colombianas-venderam-videos-pornograficos-16063301#ixzz3ZO8vNSrj
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

BOGOTÁ — Soldados e empreiteiros americanos cometeram abuso sexual de meninas na Colômbia entre 2003 e 2007, apontou um relatório de uma comissão sobre o conflito armado colombiano. Segundo o jornal "El Tiempo", o documento, apresentado em fevereiro passado no marco das negociações de paz entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), aponta ainda ataques diretos por parte do Exército colombiano e da própria guerrilha. As agressões ocorreram durante a implementação do Plano Colômbia, destinado a combater o narcotráfico e desestruturar grupos guerrilheiros.
Soldados colombianos ao lado de caixões no funeral das vítimas do ataque das Farc em Cauca. Acusado de romper a trégua com o governo, grupo declarou cessar-fogo unilateralmente e destacou importância dos diálogos de paz - JAIME SALDARRIAGA / REUTERS

Nos municípios de Melgar e Girardot, 53 menores foram abusadas sexualmente por mercenários americanos, que também filmaram e venderam as gravações como material pornográfico, de acordo com o relatório da Comissão Histórica do Conflito.

O documento também inclui a violação de uma menina de 12 anos por parte de um trabalhador e um sargento nos Estados Unidos em 2007, em Melgar.

No relatório, a comissão denuncia a impunidade e acordos bilaterais que garantiram a proteção dos americanos. Dois dois agressores foram identificados, mas não puderam ser punidos por sua imunidade diplomática.

Há registros de que 8.394 pessoas — das quais 88% são mulheres — sofrerem de abusos sexuais cometidos por diferentes atores do conflito armado colombiano.



Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/soldados-americanos-abusaram-de-meninas-colombianas-venderam-videos-pornograficos-16063301#ixzz3ZO8saA1j
© 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores