Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Desfile das bestas

Selfie com torturador, cartazes escritos em inglês, pedidos de intervenção militar e de socorro aos EUA, xingamentos machistas, desejos de morte, declarações de amor ao BOPE e a Eduardo Cunha, entre outros flagrantes. Confira as 40 imagens mais surreais dos atos do último dia 16 de agosto


43

O terceiro grande ato nacional contra a presidente Dilma Rousseff, neste domingo (16), perdeu a força em relação aos protestos de março e abril e deve ter pouco efeito sobre a situação do governo.

A maioria dos analistas políticos que até agora se pronunciaram sobre os atos consideram que o Executivo conseguiu tornar a situação "menos pior" graças à sua reação nos dias que precederam o evento, e a oposição parece ter demorado demais para aderir às manifestações.

De acordo com o Datafolha, 125 mil estiveram na avenida paulista no último domingo. Em março, segundo o mesmo instituto de pesquisa, eram 210 mil manifestantes. A redução na adesão popular não ocorreu apenas em São Paulo, mas em todas as cidades do Brasil.

O que se repetiu, no entanto, foram as cenas tragicômicas protagonizadas por alguns manifestantes.

Selfie com torturador, cartazes escritos em inglês, pedidos de intervenção militar e de socorro aos EUA, xingamentos machistas, desejos de morte, declarações de amor ao BOPE e a Eduardo Cunha, entre outros flagrantes.

Confira abaixo as 40 imagens mais surreais dos atos do último domingo, 16 de agosto:

36
37
39
40
41
42
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores