Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Causa do poeta

O amor não causa asas,
Mas faz voar e suspende.
O amor não causa a ruína,
Mas faz cair e despedaça.

O amor não causa o júbilo,
Mas faz sorrir e envaidece.
O amor não causa a dor,
Mas faz doer e mortifica.

Escritos a tão dura pena,
Não são do amor esses versos,
O amor não causa o poema.

Mas faz inspirar a poesia,
É causa do poeta que ama,
Causar na amada alegria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores