Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Pele de cobra

Pele de cobra branca
Que com calma dança
E caminha e olha
Com movimento perfeito.

Pele de cobra que
Faz minh'alma sonhar
E descobrir o novo
Que vens mostrar.

Pele de cobra que
Transforma meu mundo
E pinta no céu as cores

Que surgem no infinito
Da sua pele branca tatuada:
Pele de cobra: sei, ouço, sinto.

fforesti.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores