Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Bando de cagão

Sou um analfabeto tecnológico, é preciso antes de tudo esclarecer isso. Não sei instalar programas, baixar músicas, filmes ou mandar mensagens de texto via celular (sim, por conta de compromissos profissionais recentemente aderi a essa COLEIRA DO DEMÔNIO). Só sei mexer no photoshop e um pouco no word, programas que ajudam no meu trabalho. Ah, também nunca joguei videogame na minha vida (o fato de nunca ter ganhado na infância um brinquedo movido a pilha sequer , talvez explique essa aversão a diversões eletrônicas).

Sei postar as coisas aqui no blog, mas para isso realmente não precisa ser o inventor do Facefuck para se sair bem.

Pois bem, feita essa pequena introdução (OPS), o caso é que nunca tinha ouvido falar no tal do TROLL. Recém adentrado no selvagem mundo do Twitter (por dinheiro, é claro), me explicaram o conceito: basicamente são pentelhos que ficam enchendo o saco das pessoas online, e nunca pessoalmente. Talvez seja essa a única contribuição que esses indivíduos fazem para a sociedade - ficarem dentro dos seus quartos mofados.

Eu sou uma "vítima"(hahaha) frequente desse tipo de cidadaum revoltado. É engraçado que os idiotas nunca colocam o nome verdadeiro nem o e-mail quando postam suas mal traçadas missivas. Será que eles consideram a hipótese de que alguém realmente vá responder esse tipo de merda? Como diriam no Sul, BANDO DE CAGÃO, ou GURIS DE APARTAMENTO.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores