Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

sexta-feira, 6 de abril de 2012

O nome do DJ

Desculpe meu amor
Mas não aderi ao movimento moderno
Você vê pelo modelo do meu terno
Você vê pelo que eu escuto
 
Os meus amigos que não tem um puto
Você julga o meu mundo externo
E me pedes num minuto
Ri de mim porque eu não sei
 
O nome do DJ (3x)
 
Perdoa minha flor
Mas os olhos de quem vê é onde está a beleza
Se vai contra a minha natureza
Ir aonde eu não quero
 
Ouvir o que eu não espero
Nem dançar sem ter certeza
E se posso ser sincero
Talvez nunca saberei
 
O nome do DJ (3x)
 
Eu sou dela ela é minha
Mas é muito moderninha
É só rave é só balinha
E eu batuque na cozinha
 
 
Letra: Luiz Maia e banda
 
 
Muito bom, pra quem quiser ouvir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores