Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Mal amei, bebi bem, sonhei muitíssimo

Os galos cantam e estou bebedíssimo.
Não fiz nada da vida senão tê-la.
Mal amei, bebi bem, sonhei muitíssimo.
Minha intenção não foi minha estrela
 
Álvaro de Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores