Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Do amor só se pode fazer a necrópsia

FREIRE, Roberto. Sem tezão não há solução. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987. 193 p.
 
Estamos hoje certos de que o amor não foi feito para ser compreendido, mas apenas vivido. [...] do amor só se pode fazer a necrópsia, jamais a biópsia. (Utopia e paixão) p. 131
 
 

Um comentário:

  1. pois bem, querendo ou não faremos uma biopsia! ^^

    ResponderExcluir

Arquivos Malucos

Seguidores