Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Minha companhia

Pensar e pensar e pensar
Para não chegar
A conclusão nenhuma.
Toda decisão é prematura,

Não conseguimos perceber nada,
A realidade nos trespassa,
A vida zomba de nós
E dá risada quando acabamos sós.

Mas eu sei que nunca estamos sozinhos...
Não que acredite em Deus ou em sonhos,
Apenas sei que não posso sair de mim mesmo.

Em minha companhia sempre estarei com apreço,
Conversando comigo mesmo e com os mortos,
Sobre livros e livros e livros.


f. foresti
13/11/2008



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores