Um livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive. (Padre Antônio Vieira)

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O amigo e o amado

O amigo e o amado se econtraram e o amigo disse: "Não precisas falar-me, mas faz-me sinal com os teus olhos que são palavras para o meu coração e eu te dou aquilo que pedires".


LULL, Ramon. O livro do amigo e do amado. Tradução de Luiz Carlos Bambassaro. São Paulo: Escala, [19--]. 74 p.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivos Malucos

Seguidores